terça-feira, 18 de maio de 2010


Gota-d'água


Sou de boa paz apesar de invejas que criei
Por este meu jeito desabrido de pensar.
Caras fechadas são constantes e acostumei
A deixar de lado o que me afronta.
Acho-me tola em aceitar calada e não revidar
Injustiças que me trazem de bandeja.
Vou levando com mansuetude e bom humor
Riso amarelo e fazendo-me de sonsa.
Mansa por fora e por dentro uma tigresa.

Não permitam que eu perca o bom humor
E que o riso fácil se desfaça em esgar.
Sou perigosa se fico descontrolada
Dou o trôco a quem comigo se indispor
E ainda dou risada.


-Helena Frontini-

Um comentário:

  1. Olá Helena!
    Menina quero morrer sua amiga, rs
    Lindo texto, bjs
    Mila

    ResponderExcluir